Significado do nome Guadalupe

Guadalupe é um nome feminino de uso razoavelmente comum no Brasil.

O uso do nome Guadalupe expressa grande religiosidade por parte de quem o escolhe, pois é esse um dos títulos da Virgem Maria, Mãe de Jesus.

O nome Guadalupe provém, na verdade, do árabe e significa “rio do lobo”. Guadalupe, originalmente, é o nome de um município espanhol, que fica localizado na província de Cáceres, que é uma comunidade autônoma da Estremadura. Guadalupe conta com mais de dois mil habitantes em uma área de 68,2 km². Apesar de a cidade de Guadalupe estar localizada na Espanha, a história de Nossa Senhora de Guadalupe é mexicana.

Conta a tradição católica que, no século XVI, Nossa Senhora de Guadalupe teria aparecido para um nativo mexicano, ou seja, um índio. A partir de então, a Virgem de Guadalupe passou a ter o título de Padroeira do México, de Padroeira da América Latina e de Imperatriz da América.

O índio, Juan Diego Cuauhtlatoatzin era da tribo Nahua em 1531. Seu ícone encontra-se no Santuário de Guadalupe, na Espanha.

Nossa Senhora de Guadalupe teve sua festa litúrgica celebrada pela primeira vez em 12 de dezembro do ano de 1754, data na qual o Papa Bento XIV oficializou esse título de Maria.

Já em francês, Guadalupe (Guadeloupe) é o nome dado a um grupamento ultramarino da França que está localizado nas Caraíbas (Caribe), formado por dois grupos de ilhas, sendo uma delas a chamada Ilha de Guadalupe.

O nome Guadalupe é, portanto, de grande tradição religiosa católica e também fortemente importante no México, pois a aparição da Virgem ao índio pode ser vista como uma forma de legitimar a cultura indígena. Por isso, a pessoa que carrega o nome de Guadalupe carrega um nome com uma extensa história e muitos significados por trás dele.